Amigdalite Bacteriana Sintomas e Tratamentos

Se você sente dor de garganta, febre e dificuldade de engolir persistente, existe a possibilidade de você estar com amigdalite bacteriana, principalmente se a febre não ceder.

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas, glândulas situadas no fim da garganta, cuja função é defender a área de vírus e bactérias.

Muitas vezes confundida com dor de garganta comum, a amigdalite deve ser tratada e diagnosticada rapidamente para evitar maiores danos às amígdalas, parte importante no nosso aparelho endócrino.

O mais correto é procurar o médico se a dor na garganta não apresentar nenhum tipo de melhora por mais de dois dias, para que a amigdalite seja tratada de forma adequada.

Embora existam algumas providências caseiras que podem ser tomadas, como gargarejo com água salgada.

Sintomas da Amigdalite

  • Febre;
  • Tosse seca;
  • Dificuldade em engolir;
  • Dor na garganta forte por mais de dois dias;
  • Vermelhidão nas amígdalas ( lateral da garganta. );
  • Pontos de pus na garganta;
  • Perda de apetite.

Causas da Amigdalite

A amigdalite é uma infecção oportunista, que acaba afetando especialmente pessoas com o sistema imunológico já abalado por outras doenças ou por outros fatores (anemia, subnutrição, entre outros).  Pode ter causa tanto viral quanto bacteriana.

Amigdalite Bacteriana sintomas

Tipos de Amigdalite

Existem diversos tipos de amigdalite, que podem ter tratamentos diferentes, dependendo da agente infeccioso e da duração da infecção:

Bacteriana: Causada geralmente por streptococos e pneumococos, ocorrendo em conjunto com outras doenças pulmonares relacionadas.

Amigdalite Viral: Causada principalmente por adenovirus, Vírus de Epstein-Barr, citomegalovírus , entre outros.

A amigdalite crônica: Quando a infecção dura mais do que 3 meses ou retorna com freqüência, neste caso, a retirada das amígdalas pode ser recomendada.

Amigdalite aguda: Infecção oportunista que se aproveita de um sistema imunológico deficiente, dura menos de 3 meses.

Diagnóstico da Amigdalite Bacteriana

É recomendável consultar um médico no caso de dor de garganta muito intensa ou persistente. O médico geralmente inicia o diagnóstico apalpando a garganta inflamada, buscando por inchaços.

Partindo após isto para um exame visual da situação da garganta e das amígdalas e caso tenha dúvida de qual o agente infeccioso, pode pedir uma raspagem da área para identificação do causador da amigdalite.

Entrevista com o Otorrinolaringologista

Confira as dicas dadas pelo Otorrinolaringologista Dr. Edson Monteiro, sobre a Amigdalite. Neste vídeo ele explica o que é e quais são as causas, sintomas e tratamento da amigdalite crônica.

Tratamento de Amigdalite

Dependendo do tipo de amigdalite bacteriana desenvolvida, o tratamento pode envolver antibióticos da família da penicilina, que resolvem no caso de infecção bacteriana e remédios para fortalecimento do corpo e combate aos sintomas, quando ela tem origem viral.

Em média, a amigdalite aguda dura cerca de 3 dias, mas é padrão manter o tratamento de antibióticos por pelo menos 7 dias, para destruir completamente os agente bacterianos invasores.

Aumentar o consumo de vitamina C e beber muita água é muito recomendável, para auxiliar os anticorpos em sua função de restabelecer o equilíbrio e saúde do corpo. Somente em casos crônicos e extremos as amígdalas são retiradas.

Tratamento Caseiro da Amigdalite Bacteriana

O gargarejo de água morna com sal grosso, além de auxiliar no combate à dor causada pela amigdalite, tem também ação bactericida e pode ajudar o tratamento clínico, embora não o substitua totalmente.

Confira aqui a lista completa com remedio caseiro para dor de garganta e Amigdalite Bacteriana. O tratamento da amigdalite também pode ser feito através de cirurgia que pode ser feita usando a técnica do laser ou a técnica convencional.

Amigdalite Bacteriana é Contagiosa?

Sim, a amigdalite de origem viral é contagiosa. Por isto mesmo é muito contagiosa. Fique atento para os cuidados ao suspeitar de amigdalite, para que você não transmita a doença para amigos e parentes.

  • Sempre cubra a boca para tossir.
  • A tosse é uma das mais graves formas de transmitir doenças respiratórias.
  • Lave sempre as mãos, ou higienize-as com álcool gel, várias vezes ao dia.
  • Não compartilhe toalhas ou talheres.
  • Evite também espaços muito fechados.

Caso suspeite de amigdalite bacteriana, evite contato direto com pessoas com o sistema imunológico mais fraco, como crianças e idosos.

61 comentários em “Amigdalite Bacteriana Sintomas e Tratamentos”

  1. Olá, quero compartilha com quem sofre destas bolinhas desagradável , e como é desagradável! Tenho 47 anos e sofro desde meus 6 anos de idade! Morava no interior e sendo filha de pais lego no assunto, sem conhecimento. Meus pais não procuravam verificar e muito menos leva ao medico. Era só passar uma andiroba e tudo estava certo no pensamento deles! O tempo foi passando e sempre sofrendo com este em comodo na garganta. Só vim descobri do que se tratava, aos 18 anos . Já tentei operar mais na época o médico recusou fazer a cirurgia, e me encheu de antibióticos pesados. Hoje não da mais para conviver com isso! Só que financeiramente não está dando. Pelo amor de Deus quem pode me ajudar, to tentado uma cirurgia pelo SUS, mais tá difícil! Isso tem me deixado tão pra baixo ! Meu sonho é me livra deste mal hálito e desta infecção na garganta. Tereza

    Responder
    • Olá querida… tenho 18 anos e
      sofro há dois anos com amigdalite, tenho no mínimo oito vezes ao ano essa infecção.
      Estou tentando a cirurgia também já passei com otorrinolaringologista e alergista e nada deles tomarem a decisão de me operarem. Eu acredito que a dificuldade de conseguir essa cirurgia não está só no SUS eu tenho convênio e também não consigo :/

      Larissa

      Responder
      • Larissa seu perfeitamente como se sente. Desde crianca eu andava igual carniça ambulante. Não tinha amigos na escola trabalho e faculdade. Constantemente ouvia piadinhas. Eu era excluída e me excluía Até no casamento tive problemas por causa do maldito mau halito. Comecei a pesquisar na internet a respeito do assunto. Pois minha garganta não inflamava porém tinha aqueles causeum bolinhas cedidas na amigdalas era podre. Eu Podia escovar os dentes 24 horas que aquela praga fedida não saia. Vivia nos fundos de onibus. Sentava no último banco da igreja. Sentava na ultima cadeira da faculdade. Eu fui ficando mau humorada e insuportável literalmente. Andava com trident na bolsa mascando sem parar. Até que em um BEM AVENTURADO dia eu adquiri um plano de saúde fiz a consulta que marcaria a minha vida. Fui no otorrino aqui em Imperatriz. MA. Clinica Othos. Dr Fausto. Desabafei… contei o drama da minha vida. O quanto eu me sentia excluída nesse mundo… Eu nunca havia falado abertamente sobre o assunto. Ele pediu uma bateria de exames. Fiz todos. Resultado: Amigdalite crônica caseosa com criptas. Passou um tratamento de tres meses com remédios. No final do tratamento fiz o retorno com os mesmos problemas ! Ele indicou a cirurgia. Tinha medo pois na internet as pessoas contam horrores da cirurgia das amigdalas. Não Tinha mais nada a perder. Minha vida era uma tristeza. FUI OPERADA. E foi tudo tranquilo. Só os três primeiros dias que temos desconforto em engolir alguma coisa. Depois de uma 7 dias já pode comer um purê uma sopa e um arroz bem cozidinho. Tomei prelone dipirona e amoxilina com clavulanato de potacio no pos operatório. Gente, eu faria tudo novamente. Vale a pena fazer um plano de saúde e resolver isso. Pois não adianta ter casa carro e um bom emprego se vc não tem felicidade. E o mau halito tira a paz de qualquer pessoa. A gente não é uma Ilha pra viver isolado. Temos que ser sociáveis e com mau halito não dá. Fui Operada pelo Dr Aureo Cangussu. Na OTHOS.Fui bem e o pós operatório foi um sucesso. Super indico. Estou curada desta praga.ESTOU MUITO FELIZ.Muita gente acha que mau halito é falta de higiene. Mas eu não me conformava em ver gente com os dentes careados e que não tinham mau halito. Gente que não tinha higiene e a boca não fedia. E Eu faltava ferir a boca de tanto escovar e a carniça não saia. Graças a Deus e aos otorrino que de mim cuidaram que hoje estou aqui para dizer que estou curada do m.h em nome de Jesus. Cortei o mal pela raiz.Amém.

        Responder
      • Troca de Otorrino. Leva todos os exames. Que dá certo. Muitos profissionais tem muita clientela e não dá devida importância para as nossas aflições. Vá por mim. Quando vejo que não dá certo com um médico procuro outro. Ainda mais que tenho plano de saúde médico é o que não falta. Boa sorte.

        Responder
      • Oi larissa ? tenho 20 anos e sinto os mesmo sintomas que você, tem 1 ano que venho sentindo essas crises fortes na garganta mais até agr nem consegui chegar em um otorrino 🙁 você sabe dizer qual o medicamento o medico passou pro seu tratamento querida ?

        Responder
    • Olá, quase o mesmo caso que o seu , porém descobri um remédio caseiro barato e eficaz. Gargarejo com bicarbonado durante 30 dias duas ou três vezes ao dia e se for possível toma uma ou duas colheres dessa solução.

      como 200ml de água
      uma colher de chá de bicarbonáto

      Pronto, vc vai ver o milagre acontecer , como tenho visto em varias pessoas que ensinei. Boa sorte!

      Responder
    • Sei como se sente. Já passei por isso. Procure outro otorrino. Conte seu drama. Seja sincera. Fala que perdeu amigos namorados empregos. Que tá com depressão. Que as bolinhas dos causeus amigdaliano ficam saltando pra fora da boca enquanto tosse ou ri. VALE MUITO A PENA OPERAR. O MAU HALITO VAI SUMIR PRA SEMPRE. É UM MILAGRE DE DEUS. SÓ ANDAVA COM CHICLETE NO BOLSO MASCANDO. E MESMO ASSIM FEDIA. ATÉ A RESPIRAÇÃO. OUVIA MUITA PIADA. EU NÃO ENTENDIA PORQUE TANTA GENTE sEM HIGIENE e com dente tudo variado não tinha mau halito. E eu escovava usava enxaguante e foi dental e aí era que aumentava a catinga. Eu não suportava mais tantos anos assim. Se soubesse que eu ia me livra disso com a cirurgia. teria feito a mais tempo. Nem que eu vendesse o que fosse faria tudo novamente. Hoje eu posso dizer que sou feliz de verdade.

      Responder
    • Fasso da suas palavras a minha também tenho sofrido quando ainda tinha 5 anos idade hoje tenho 36 anos um sofrimento horrível pra engoli. toma algo gelado .. tenho 4 filhos 1 um tem mesma doença já fiz tudo consegui fazer cirurgia mais infelizmente o. sus . deixa desejar e digo de um dia consegui vaga cerugica pelo sus vou optar pra meu filho fazê retirada dessas malditas bolinhas incômoda alguém mim ajundajudar pófarvo ..

      Responder
    • Ola querida Tereza!

      Na verdade me compadeci de você, pois sei um remédio natural que resolve.
      Tire folha de babosa antes do sol que tenha mais de dois anos, corte em pedaços de dois 5 cm e congele, depois bata no liquidificador com 2 suco de laranjas e adoce com mel tome por 10 dias. Repita de 3 em 3 meses.

      Responder
  2. ela não sente dor,e estar colocando sangue do nariz com freguÊncia e dores nas pernas será que tem alguma coisa haver com á garganta

    Responder
  3. tennho uma filha de 4 anos estar com a garganta enflamada faz uns 15 dias nao doe tem mal halito e sem apetite eal esta gargarejando bigabornato estou dando mel mas nao esta resolvendo continua muito vermelha

    Responder
  4. oi estou com amgdalite bacterian, fui ao hospital e eles me derem uma bezetacil e me mandaram pra casa, achei muito estranho pois n me receirtaram nenhum remedio. n sei o que fazer???

    Responder
      • nu meu caso não resolve nada quando fiz duas consultas depois médico otorrino avaliar as amidulas .ja foi mim dizendo seu caso bisturi , antibióticos não resolve mim fez uma pegunta eu ne respondi realmente já tinha tomado muitos alivia coisas de minutos depois voltavam emcomodo mais como tenho condições financeiras fazer cirurgia to até hoje sofrendo .. está semana até ouvindo tá doendo com secreção puis .

        Responder
  5. Olá,etou com amigdalite minhas amigdalas estao assiam faz ma semana,ainda não juntou pus,estou tomando remedio para dor e para desinfeccionar mas nada funciona,dai é so eu tomar um gole de agua gelada e piora,e eu nao quero ir ao medico,oque eu faço????

    Responder
  6. Na hora que voce esta doente e a hora que voce mais precisa de vitamina C.Os trabalhos de Linus Pauling e outros mestres da medicina ortomolecular ja comprovaram isso em inumeros artigos cientificos ! Esse medico realmente precisa estudar antes de falar besteira.

    Responder
  7. OI eu estou com meu filho a mais de meses com a garganta assim já levei no medico só passam remédio e mais nada fui procura um otorrinolaringologista só achei pro mês que vem meu filho esta com seu pescoço todo inchado por fora não e caxumba ele.não tem nenhum sintoma da caxumba ta horrível não sei mais o que fazer queria manda a foto

    Responder
    • quando era criança começo 5 ah 6 anos também ficavam assim aparecendo cachuba e horrível e minha mãe só mim levavam clínicogeral.. ai era só injeção remédio injeção era mesmo que beber água do pote… remédio caseiros gargarejo .. em fim so melhorava uns dia depois era tudo de novo. tenho .amigdalite gronica. só vim descubra depois 20 anos porque fui ai médico certo otorrino .. hoje tenho 36 anos um sofrimentohorrível até hoje a minha já tem furo onde sai massa horrível mal cheiro .. médico disse sao baquiterias e excesso alimentação .. hoje dia não fico pescoço com echaco . médico disse porque secreção sai mesmo assim foi bastante.. mal hálito

      Responder
  8. A melhor coisa que se tem a fazer é a extração das amígdalas, eu sofri por muito tempo com isso, sem contar o constrangimento quando ataca a amigdalite o mau hálito que fica, fiz a cirurgia e é uma maravilha, estou super feliz com o resultado! Boa Sorte a todos!

    Responder
  9. ola,minha filha de 2 anos,teve anemia…Mas nao sei se tem a ver…Ha duas semanas notei que a garganta dela cresceu 2 bolas,esta inchadas e avermelhadas…O que pode ser…Ela nao esta gripada e nem com dor na garganta.

    Responder
  10. Estou com os sintomas, dificuldade para engolir, principalmente nas refeições. Acontece que minha namorada estava com a garganta arranhada pela virada do tempo e eu a beijei e bem, dois dias depois fiquei assim. Estou me medicando com um antibiótico NISTATINA, há 3 dias, sinto a melhora; devo prosseguir até 7 dias?

    Responder
  11. Boa noite.
    Eu já tive 12 ataques deste tipo de amigdalite, e houve 2 em que quando levei a Penicilina de 2400 já nem fazia efeito e tive de tomar o Cefradur em comprimidos.
    E mal passem 3 semana depois de ter levado penicilina, volta à carga como hoje.
    Vou ser operado só em Abril, mas as minhas dúvidas são:
    1º porquê que esta dose de penicilina já nem efeito consegue fazer de imediato?
    2º como evitar amigdalite em situação de chuva e frio?
    3º tomar o ibuprofeno ajuda mais que o paracetamol?
    Cumprimentos

    Responder
    • resposta da primeira pergunta: dependendo do tanto de vezes que vc ficou doente e de quantas vezes tomou a dosagem de penicilina, seu organismo tende a se acostumar com este elemento, e se o tipo de vírus ou bacteria for mais forte do que o de costume, vc ira precisar de uma dosagem maior.
      resposta da segunda: geralmente seu sistema imunologico estiver baixo, para equilibra-lo é bom ter uma alimentação com vários nutrientes, principalmente alimentos que contenham a vitamina C e estar bem hidratado com água.
      resposta para a 3: de certa forma ajuda, alias se c perceber alguma vermelhidão e sentir irritação, deve tomar anti inflamatorio, prevenir possíveis pioras como o aparecimento de pus.

      Responder
  12. quando eu como a comida parece que fica um restou de comida na gargante da ficou parece uma coisa irritando a garganta fazendo rararar na garganta vou colocou a dedo na gargante te vomito para mim ficar melhor

    Responder
  13. Minha filha de quatro anos teve nove amigdalites bacterianas. É de cortar o coração uma criança tão pequena tendo que tomar remédios tão pesados! Mas é só com antibióticos que ela melhora. O problema é que, cessado o tratamento, a doença volta entre um e dois meses depois. A pediatra me deu um encaminhamento para o otorrino avaliar, creio q infelizmente ela talvez tenha de fazer cirurgia de amígdalas e adenóides (ela tem a “carne esponjosa” grande). Não sei o que fazer!!

    Responder
    • Olá querida!!Tbm passo pelo mesmo problema,minha filha vive com infecção na garganta!Estou cansada de ir ao médico eles sempre receitam amoxicilina,ela têm 2 anos vivo faltando no meu emprego!! já nem sei mais o que faço..

      Responder
  14. O texto tem erros gritantes…
    A tonsila palatina vulgo, amígdala faz parte do sistema endocrino? Se isso estiver certo eu rasgo meu diploma!
    Faz parte do sistema Linfático/ imune.

    “Amígdala bacteriana é contagiosa? Sim, a amígdala bacteriana de origem viral é contagiosa…” só uma dúvida a amigadalite é bacteriana ou viral? Não existe! Ou é uma coisa ou outra! Um vírus NUNCA vai dar origem a uma bactéria, são dois “indivíduos” completamente diferente…. seria a mesma coisa que dizer ” uma carne bovina de origem suína”

    Por gentileza, fazer uma pesquisa mais detalhada sobre o assunto, ainda mais sobre os conceitos e forma de usa los, de preferencia pedir para alguém da área ler, pra ver se não existe outras gafes!

    Responder
    • Meu caro doutor, aqui não se discute português, mas as pessoas buscam soluções para suas dores. Hoje infelismente não está dando para confiar nos médicos. Que pena…. Por isso as pessosas buscam apoio em outras. Que país é esse!!!

      Responder
  15. Já é a segunda vez que minhas amídalas incham,nao consigo engolir os alimentos direito,to com muito mal estar,dor de cabeça,meu corpo está muito ruim. Já fui no médico e ele me disse que isso é normal,que não tem nenhum problema,mas toda vez que me dá dor de garganta acontece isso com minhas amígdalas. Não sei o que fazer 🙁

    Responder
    • é normal sair pus depois de uma cirurgia, é seu corpo expulsando as bacterias… vc precisa tomar antibiotico pra não dar nenhuma infecção até cicatrizar.

      Responder
  16. Olá. Eu também sofro de casios, sofro com mal hálito vindo da garganta mas não consigo ver nada de bolinhas amarela, não sei o q fazer…quero ajuda o que fazer

    Responder
  17. Estou com medo de estar , porém fui ao médico (o qual nem chegou a olhar minha garganta) , e me receitou amoxclina , o que eu não aguento engolir de forma alguma.
    As minhas amígdalas estão bastante inchadas e com pus , fora os hematomas no céu da boca.

    Responder
  18. Só queria dizer para analisarem esses textos pois não existe infecção bacteriana viral, ou ela é vinda de bactéria ou ela é viral vinda de algum vírus causador da patologia.
    Cuidado com conceitos que podem descredibilizar o texto.

    Responder
  19. Tenho 15anos estou a três dias com bolas gigantes de pus nas amígdalas,nao aguento mas tanta dor,j a fui no médico tomei bezetacio,mas ainda não consigo comer nada,nem beber,e muito horivel.

    Responder
  20. Bom pessoal! Eu sofri com esse problema. Uns dois anos atrás, tive problema com acnes, tomei tetraciclina durante seis meses. Acreditem! Além de curar as acnes, também curou a amigdalite. Os três primeiros meses tomei duas vezes ao dia, os outros três tomei uma vez ao dia. Nesse intervalo, passei no otorrino e fiz o exame de cultura, foi identificado a presença de uma bactéria. Passou um antibiótico e mesmo assim, a amigdalite não resolveu. Voltei na dermo, ela passou mais um mês de tetraciclina, foi a cura. O problema, é que fiquei com uma demônia que tinha ficado, uns três anos antes. Putz! Voltou. Juro para vcs, quando acabou o encontro com ela, pensei nisso. Vou voltar a ficar infectado. Dito e certo. Três dias depois já senti os sintomas. Procurei um otorrino e ele nem deu atenção. Expliquei tudo para o arrombado. Nem se importou. Disse que temos várias bactérias na boca e que o antibiótico não iria resolver. Saí de lá querendo matar esse incompetente. Estou dando umas pesquisadas. Mas é importante que todos os membros da família façam o tratamento. Namoradas e etc. Outras coisas, não adianta fazer a cirurgia e não acabar com a bactéria. Infelizmente, eu não lembro o nome da bactéria e do outro antibiótico passado pelo o otorrino. Essa semana, vou voltar em um otorrino bom e vou solicitar tetraciclina. E vou fazer o exame de cultura periodicamente para ver se acabo com essa bactéria. Sim! De um mês pra cá, notei que as pessoas se afastam de mim e ficam distantes. Fazer o quê? Paciência. Sou bonitão, fui rejeitado por uma garota, isso nunca me aconteceu. Só acontecia antes do tratamento. Rsrs Por favor, mandem esses otorrinolaringista se foderem. Bando de incompetentes. Vou procurar um infectologista também.

    Responder
  21. Boa noite, pessoal. Volto aqui para esclarecer meu último depoimento. Resolvi tomar antibiótico por conta própria. Tomei tetraciclina durante 10 dias de 8 em 8 horas. Nesse intervalo eu troquei de escova dental diariamente e enxaguava com água quente, nos primeiros dias, notei que o odor sumiu. Ótimo! Fiquei feliz. Eu nunca compartilho copos, mas dessa vez comprei um pacote de copos descartáveis só para usar durante o tratamento. Foi tudo bem até o décimo dia. Parei de tomar a tetraciclina no décimo dia. No décimo terceiro, notei que o odor apareceu novamente. Certo. Fui na farmácia e comprei amoxicilina. Tomei uma vez ao dia, fazia bochechos antes de ir dormir (faz mal não- antes, toma um copo de leite) e também, com auxílio de uma seringa, sem agulhas é claro, eu lançava jatos de amoxicilina nas fendas onde tinham focos do odor (nas amídalas). Detalhe: toda vez, lavei a escova com amoxicilina. Pronto, estou curado. Não voltou. Faz mas de uma semana. Pessoal, é uma maldita bactéria. Os otorrinos não estão nem aí, não são eles que passam pelo que passamos. Agora notei que as pessoas não de afastam, etc.

    Pessoal, muito importante não voltarem a contrair essa doença. Algumas pessoas teem essa bactéria e não apresenta esses sintomas. Excluam seus ex namoradas ou namorados. Peça para seu atual fazer o mesmo tratamento.

    Cuidado ao compartilhar copos ou alimentos. Seu parente pode não ter esse sintoma, mas pode estar contaminado com essa maldita bactéria que o setor de saúde nem se preocupam.

    Mais um detalhe importante: Como a maioria das pessoas, eu sofri na infância, adolescência e vida adulta. Eu ficava com uma pessoa uma vez só, notava que ela não queria me beijar. Eu vivia correndo atrás das pessoas. A primeira vez que fiquei com uma pessoa foi aos 25 anos de idade. Esse drama eu entendo. Depois do tratamento das acnes e que fui curado, passei o rodo geral, as pessoas corriam atrás de mim e tudo mais. Hoje recebo elogios do meu beijo, porque aprendi a beijar bem.

    Eu sei o que vcs estão passando. Faça isso o que falei e procurem tratamento. Não sintam vergonha. Vcs não tem culpa. Como eu, muitos de vcs tem os dentes super saudáveis e tratados. Se o que falei não der certo, façam a cirurgia sem medo. Mesmo depois de estar curado, vou procurar tirar essas amígdalas. Assim, evito futuros contágios.

    Decorei o nome desse site, qualquer novidade, eu volto a postar aqui.

    Responder

Deixe um comentário